Artistas, músicas e alguns produto: o percurso do anonimato à fama.

(UCS) Inverno 2018

“Nossa, nossa, assim você me mata.
Ai, se eu te pego; Ai, ai, se eu te pego;
Delícia, delícia, assim você me mata.”
“Que tiro foi esse?

Disponível em: https://www.letras.mus.br/michel-telo/1930299/. Acesso em: 21 março de 2018. Parcial e adaptado.

Que tiro foi esse, que tá um arraso?!
Que tiro foi esse?”


Disponível em: https://www.letras.mus.br/jojo-maronttinni/que-tiro-foi-esse/. Acesso em: 21 março de 2018. Parcial e adaptado.

Artistas, músicas e alguns produtos têm pouca vida útil: o percurso que vai do anonimato à fama é curto. No Brasil, há exemplos em diferentes setores. Em sua opinião, por que isso acontece?