Caminhos para reduzir poluição atmosférica.

Com base na leitura dos seguintes textos motivadores e nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija um texto dissertativo-argumentativo, em modalidade escrita formal da língua portuguesa, sobre o tema caminhos para reduzir a poluição atmosférica, apresentando proposta de intervenção que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.

TEXTO 1:

TEXTO 2:

Poluição do ar é a introdução de qualquer substância que, devido a sua concentração, possa a se tornar nociva à saúde e ao meio ambiente. Conhecida também como poluição atmosférica, refere-se à contaminação do ar por gases, líquidos e partículas sólidas em suspensão, material biológico e até mesmo energia. Esse tipo de poluição se dá com as substâncias são chamadas de poluentes atmosféricos e existem em forma de gases ou partículas provenientes de fontes naturais (vulcões e neblinas) ou fontes artificiais produzidas pelas atividades humanas. De acordo com um estudo da Organização Mundial de Saúde (OMS) de 2014, a poluição do ar causou a morte de mais de 7 milhões de pessoas no mundo em 2012.

Disponível em: https://www.ecycle.com.br/2949-poluicao-do-ar-atmosferica. Acesso em 10 de julho de 2020.

TEXTO 3:

Poluição atmosférica causa duas vezes mais mortes do que se pensava. Pesquisadores estimam que só na China ocorreram 2,8 milhões de mortes em 2015 devido a este fenômeno. Entre 40% e 80% destas mortes, baseadas em cifras de 2015, são causadas por ataques cardíacos, AVCs e outros tipos de doenças cardiovasculares, segundo os autores da pesquisa, publicada na revista European Heart Journal.  Isto significa que a poluição atmosférica provoca anualmente mais mortes que o tabaco, responsável por 7,2 milhões de óbitos no mesmo ano, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS). “Pode-se evitar fumar, mas não se pode evitar estar submetido ao ar poluído”, indicou um dos responsáveis do estudo, o professor Thomas Münzel, da Universidade de Mainz (Alemanha). 

Disponível em: https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/ciencia-e-saude/2019/03/12/interna_ciencia_saude,742491/poluicao-atmosferica-causa-duas-vezes-mais-mortes-do-que-se-pensava.shtml. Acesso em: 10 de julho de 2020.