O uso de agrotóxicos no Brasil.

Leia os textos motivadores.

TEXTO 1

O uso de agrotóxicos e o seu impacto na saúde e no meio ambiente configuram um problema para o Brasil, o terceiro maior consumidor do produto no mundo.  Também conhecidos como defensivos agrícolas, os agrotóxicos são substâncias químicas utilizadas há décadas para combater pragas e doenças nocivas à produção agropecuária. Nos seres humanos, esses produtos representam a terceira maior causa de intoxicação no Brasil. Os trabalhadores rurais são as maiores vítimas. 

Segundo o Programa de Vigilância da Saúde das Populações Expostas a Agrotóxicos, da Universidade de Campinas (Unicamp), 1,5 milhão de trabalhadores rurais estão intoxicados no campo. Conforme o estudo, faltam fiscalização e capacitação no emprego desses produtos no campo. Para o consumidor, o perigo está no prato. Grãos, frutas, verduras e legumes chegam à mesa com resíduos acima do permitido ou com substâncias químicas proibidas pelo Ministério da Agricultura. 

Os hortifrutigranjeiros são os produtos que mais oferecem perigo. Um estudo da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) revelou que morango, alface, batata, maçã e banana têm resíduos de pesticidas acima do permitido.  No meio ambiente, os agrotóxicos contaminam o solo e a água, e atingem os animais. Os estados que mais consomem o produto são Paraná, São Paulo e Mato Grosso.

Adaptado de: https://www.senado.gov.br/noticias/jornal/cidadania/agrotoxicos/not001.html

TEXTO 2

Quem decide quais agrotóxicos podem ser usados? E como isso ficaria no novo projeto?

– Hoje, órgãos dos Ministérios da Agricultura, Saúde e Meio Ambiente são responsáveis pela análise. Com a nova redação, ela passaria a ser centralizada apenas na pasta da Agricultura.

Quanto tempo essa análise demora?

– O processo de liberação de novos produtos pode levar mais de cinco anos. Essa é uma das principais críticas dos defensores do projeto à legislação atual. Com a nova regra, esse período cai para 12 meses, período após o qual o produto ganhará registro provisório caso não haja posição conclusiva.

Adaptado de: www1.folha.uol.com.br/mercado/2018/05/entenda-o-projeto-de-lei-que-altera-registro-de-agrotoxicos.shtml

TEXTO 3

“O Brasil é campeão mundial no uso de agrotóxicos. Por dois motivos: o primeiro é porque um grande país agroexportador. E o segundo é a permissividade. A quantidade de produtos que a gente permite que sejam usados”, afirma a professora Larissa Mies Bombardi, pesquisadora do laboratório de Geografia Agrária da USP. Dos dez produtos mais exportados pelo Brasil, sete são de origem agropecuária. Quem trabalha diariamente com o agronegócio defende que o uso de pesticidas é inevitável. “No Brasil, nós temos a prática de agricultura praticamente o ano inteiro. A mesma região com duas ou três safras ao longo do ano. E nós estamos numa região de um país tropical. A pressão das pragas, das doenças é muito maior. Então, isso demanda um uso maior de ferramentas de controle sanitário, entre elas, o agrotóxico”, diz o chefe-geral da Embrapa Meio Ambiente, Marcelo Morandi.

Adaptado de: https://noticias.r7.com/brasil/agrotoxico-o-perigo-invisivel-brasil-o-campeao-no-uso-de-agrotoxicos-30012018

Com base na leitura dos textos motivadores e nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija um texto dissertativo-argumentativo, em modalidade escrita formal da língua portuguesa, sobre o tema o uso de agrotóxicos no Brasil, apresentando proposta de intervenção que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.