Os impactos socioambientais do agronegócio e da mineração no Brasil

Governo Federal entrega 96km em importante rodovia para mineração e agropecuária de Goiás — Português (Brasil) (www.gov.br)

TEXTO 1

Ao longo dos últimos anos presenciamos a expansão de minerações na América Latina, acarretando conflitos e danos ambientais. Como exemplos, podemos citar o caso da Mineradora Samarco (Mariana, 2015) e da Vale (Brumadinho, 2019), ambas no estado de Minas Gerais e os diversos processos de exploração da companhia Vale do Rio Doce no Pará.

Fonte: Conflitos socioambientais e a mineração no Brasil – Portal Adm Mineral (administracaomineral.com.br)

TEXTO 2

O desmatamento é a primeira consequência da atividade agropecuária no Brasil. Desde o início da colonização, grande parte das áreas de vegetação nativa do litoral, região Sul e Centro-Oeste do Brasil foi desmatada para abrir espaço para áreas de pastagem e cultivo. Em virtude desse crescente desmatamento, o Cerrado e a Mata Atlântica já foram introduzidos na lista mundial de biomas com grande diversidade que estão ameaçados de extinção (os chamados Hotspots), existindo ainda a previsão do desaparecimento do Pantanal e da Amazônia nos próximos anos caso sejam mantidos os mesmos índices de desmatamento nesses biomas. Com o desmatamento, muitas espécies da fauna e da flora entram em extinção, pois não conseguem garantir a sua sobrevivência nas pequenas reservas que restam de seu ecossistema.

Fonte: Impactos ambientais causados pelo agronegócio no Brasil – Brasil Escola (uol.com.br)