Política e orçamento educacionais na contemporaneidade

Leia os textos motivadores.

TEXTO 1

CAPÍTULO II
DOS DIREITOS SOCIAIS

Art. 6º São direitos sociais a educação, a saúde, a alimentação, o trabalho, a moradia, o transporte, o lazer, a segurança, a previdência social, a proteção à maternidade e à infância, a assistência aos desamparados, na forma desta Constituição. […]

Art. 23. É competência comum da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios:

[…] V – proporcionar os meios de acesso à cultura, à educação, à ciência, à tecnologia, à pesquisa e à inovação;

Adaptado de http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm

TEXTO 2

Adaptado de https://exame.com/bussola/40-das-empresas-nao-tem-plano-de-contencao-para-vazamento-de-dados/

TEXTO 3

Investimento por aluno no Brasil está abaixo da média dos países desenvolvidos, diz estudo da OCDE

O Brasil investe mais em educação e menos por aluno do que a média dos países da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), de acordo com o estudo Education at a Glance (“Educação em revista”, na tradução livre do inglês), divulgado nesta terça-feira (10).

O documento de 2019 analisa os sistema de educação de 36 países membros da organização, além de dez outros parceiros, como o Brasil, a Argentina, a China, a Rússia e a África do Sul, entre outros.

Os dados mostram que, em 2016, o Brasil investiu 4,2% do Produto Interno Bruto (PIB) na área de educação, do ensino fundamental ao médio e técnico.

PROPOSTA

A partir da leitura dos textos motivadores e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija um texto dissertativo-argumentativo em modalidade escrita formal da língua portuguesa sobre o tema “Política e orçamento educacionais na contemporaneidade”, apresentando proposta de intervenção que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.