Presença da África na formação da cultura brasileira.

(ULBRA) Inverno 2017

A inscrição histórica dos discursos dos negros cada vez mais nos impulsiona a pensar sobre o tempo, o espaço e a realidade em que estão dispersas as identidades culturais e raciais. A partir dos discursos identitários, podemos compreender o significado e a fragmentação das identidades negras, os processos de hibridismo, a condição transcultural dos negros e sua inserção como sujeitos históricos. Assim, podemos identificar os significados tanto dos textos literários como do texto informativo desta prova. Sob essa perspectiva, elabore um texto dissertativo/argumentativo, em torno de cinco parágrafos, sobre sua visão a respeito da presença da África na formação da cultura brasileira, como a religião, a música, a dança, a literatura e a comida, entre outras influências.